Notícias - Fique por Dentro



Acidentes nas rodovias esquecidas geram gasto de R$ 426,8 milhões

  Quarta-feira - 4 de Abril de 2018

Fonte: Agência CNT de Notícias

Os acidentes ocorridos nas 15 piores ligações rodoviárias do país geraram para a sociedade um custo estimado de R$ 426,8 milhões em 2017. Os números integram o estudo Rodovias Esquecidas do Brasil- Transporte Rodoviário, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) na última quarta-feira (28), que tem como base os resultados da série histórica da Pesquisa CNT de Rodovias entre 2004 e o ano passado. O cálculo considera, por exemplo, os custos associados aos danos materiais, às despesas hospitalares e de resgate de vítimas e às perdas em termos de vítimas fatais.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), 3.171 acidentes foram registrados em 2017, apenas nos trechos analisados pelo estudo. Desses, 59,1% registraram feridos, e 7,8% das ocorrências levaram a óbito pelo menos uma das pessoas envolvidas.

Os dados apontam ainda que a ligação Florianópolis (SC) - Lages (SC), formada pela BR-282, registrou o maior número de acidentes, somando 657 ocorrências, o que corresponde a 3,1 acidentes por quilômetro em um trecho de somente 212 km. A Pesquisa CNT de Rodovias apontou que essa ligação apresenta, ao longo do seu percurso, elevada inadequação do pavimento (82,1%), da sinalização (85,8%) e da geometria da via (96,2%).

Custo operacional

"A combinação de todos esses fatores prejudica o desempenho dos motoristas na condução dos veículos, contribuindo para a ocorrência de acidentes e, até mesmo, para intensificar a sua gravidade. As inadequações no pavimento também geram aumento do custo operacional. Isso impacta toda a sociedade, na medida em que gera uma pressão de repasse de custos ao frete, que tende a ser repassado aos consumidores", observa o diretor-executivo da CNT, Bruno Batista.

A ligação Jataí (GO) - Piranhas (GO), composta pela BR-158, apresentou as piores condições de pavimento no estudo, o que incrementou em 65,1% o custo operacional do transportador rodoviário de cargas que utiliza o trecho. O menor adicional de custo foi registrado na ligação Porto Velho (RO) - Rio Branco (AC), totalizando 11,3%. Esta ligação é formada pela BR-364 e possui 77% do pavimento classificado como ótimo ou bom pela Pesquisa CNT de Rodovias 2017.




MAIS NOTÍCIAS


Imagem Data Título Link
10 de Maio de 2018 Transportadores investem em nova ofensiva contra roubos de cargas
[Visualizar]
18 de Abril de 2018 Raster GR amplia equipe com foco em crescimento
[Visualizar]
18 de Abril de 2018 Moraes suspende lei sobre farmacêutico em transportadoras de medicamentos
[Visualizar]
18 de Abril de 2018 CNT: Sete maiores metrópoles do país restringem transporte de cargas
[Visualizar]
18 de Abril de 2018 Rio Grande do Sul é o terceiro estado com maior número de roubos de carga, diz sindicato
[Visualizar]
4 de Abril de 2018 Recurso para rodovias esquecidas é quatro vezes inferior ao sugerido pelo Dnit
[Visualizar]
23 de Março de 2018 Ritmo de demissões desacelera no setor de transporte e logística
[Visualizar]
23 de Março de 2018 Menor índice inflacionário pode ser considerado em reajuste anual das tarifas de pedágio
[Visualizar]
16 de Março de 2018 Medicamentos também interferem na capacidade de dirigir
[Visualizar]
16 de Março de 2018 Motoristas deverão fazer curso para renovar a CNH a cada cinco anos
[Visualizar]